Dialogue

Vocabulary

Learn New Words FAST with this Lesson’s Vocab Review List

Get this lesson’s key vocab, their translations and pronunciations. Sign up for your Free Lifetime Account Now and get 7 Days of Premium Access including this feature.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Notes

Unlock In-Depth Explanations & Exclusive Takeaways with Printable Lesson Notes

Unlock Lesson Notes and Transcripts for every single lesson. Sign Up for a Free Lifetime Account and Get 7 Days of Premium Access.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Transcript

O carnaval pernambucano
O carnaval de Pernambuco é muito peculiar das outras regiões do Brasil, possui características únicas. A cidade de Recife foi berço do frevo e do maracatu. Frevo é um ritmo musical muito agitado. E o maracatu é uma manifestação cultural da música folclórica afro-brasileira.
O frevo teve origem nos movimentos da capoeira. Nessa época, os capoeiristas eram perseguidos pela polícia, e por meio dessa dança podiam lutar a capoeira disfarçadamente. Com o tempo o frevo foi sofrendo influência de outras danças, como a marcha e a polca. Sua dança é acompanhada por uma roupa típica, e também por um pequeno guarda-chuva, bem colorido, que é uma estilização das armas de defesa usadas na capoeira. O nome da dança vem da palavra "ferver", referente à agitação, confusão e rebuliço causado quando o frevo é dançado.
A origem do maracatu remonta as festas em homenagem aos Reis Magos, organizadas por grupos de escravos que celebravam nos pátios das igrejas a coroação do rei Congo. Seu ritmo musical simboliza a luta e a liberdade do povo negro. No cortejo há vários personagens, como o rei e a rainha, os príncipes, o ministro, os duques, os condes, os vassalos, a dama de paço, o escravo e as baianas, entre muitos outros. A palavra "maracatu" também era usada para expressar confusão, bagunça, e entre os escravos era usada para alertar a chegada dos policiais que vinham reprimir as manifestações.
Na cidade de Olinda, seu carnaval ostenta dezenas de bonecos gigantes que desfilam nas principais ruas da cidade. O mais conhecido é o Homem da Meia-noite, que desde 1932 dá início, às zero hora de sábado, ao carnaval olindense. Além dos bonecos, os blocos tradicionais da região percorrem as ladeiras da cidade ao ritmo do frevo.

3 Comments

Hide
Please to leave a comment.
😄 😞 😳 😁 😒 😎 😠 😆 😅 😜 😉 😭 😇 😴 😮 😈 ❤️️ 👍

PortuguesePod101.comVerified
Wednesday at 6:30 pm
Pinned Comment
Your comment is awaiting moderation.

O carnaval pernambucano


O carnaval de Pernambuco é muito peculiar das outras regiões do Brasil, possui características únicas. A cidade de Recife foi berço do frevo e do maracatu. Frevo é um ritmo musical muito agitado. E o maracatu é uma manifestação cultural da música folclórica afro-brasileira.
O frevo teve origem nos movimentos da capoeira. Nessa época, os capoeiristas eram perseguidos pela polícia, e por meio dessa dança podiam lutar a capoeira disfarçadamente.
Com o tempo o frevo foi sofrendo influência de outras danças, como a marcha e a polca. Sua dança é acompanhada por uma roupa típica, e também por um pequeno guarda-chuva, bem colorido, que é uma estilização das armas de defesa usadas na capoeira. O nome da dança vem da palavra "ferver", referente à agitação, confusão e rebuliço causado quando o frevo é dançado.
A origem do maracatu remonta as festas em homenagem aos Reis Magos, organizadas por grupos de escravos que celebravam nos pátios das igrejas a coroação do rei Congo. Seu ritmo musical simboliza a luta e a liberdade do povo negro. No cortejo há vários personagens, como o rei e a rainha, os príncipes, o ministro, os duques, os condes, os vassalos, a dama de paço, o escravo e as baianas, entre muitos outros. A palavra "maracatu" também era usada para expressar confusão, bagunça, e entre os escravos era usada para alertar a chegada dos policiais que vinham reprimir as manifestações.
Na cidade de Olinda, seu carnaval ostenta dezenas de bonecos gigantes que desfilam nas principais ruas da cidade. O mais conhecido é o Homem da Meia-noite, que desde 1932 dá início, às zero hora de sábado, ao carnaval olindense. Além dos bonecos, os blocos tradicionais da região percorrem as ladeiras da cidade ao ritmo do frevo.

PortuguesePod101.comVerified
Tuesday at 3:48 pm
Your comment is awaiting moderation.

Hi Ralph Lestock,


It seems that it was only a temporary issue.

Now it is fixed! Please enjoy this lesson too!


Thank you,

Ofelia

Team PortuguesePod101.com

Ralph Lestock
Tuesday at 6:42 am
Your comment is awaiting moderation.

No vocabulary listing and no test on the new material. Why the change in format?