Dialogue

Vocabulary

Learn New Words FAST with this Lesson’s Vocab Review List

Get this lesson’s key vocab, their translations and pronunciations. Sign up for your Free Lifetime Account Now and get 7 Days of Premium Access including this feature.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Notes

Unlock In-Depth Explanations & Exclusive Takeaways with Printable Lesson Notes

Unlock Lesson Notes and Transcripts for every single lesson. Sign Up for a Free Lifetime Account and Get 7 Days of Premium Access.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Transcript

O carnaval carioca
Quando o precursor do carnaval, o entrudo, chegou ao Brasil, a cidade do Rio de Janeiro era a capital da antiga República brasileira. E foi nessa cidade que as comemorações tiveram mais força e foi uma influência sobre as outras regiões do país.
O entrudo português possuía um caráter violento. Nas ruas, as pessoas mais pobres molhavam-se uns aos outros, usando ovos, farinha de trigo, laranja podre e restos de comida. Nas casas, as famílias se divertiam derramando baldes de água suja em quem passasse distraído pela rua. Por ser agressivo, o entrudo não era muito bem aceito pela sociedade brasileira.
Foi então que o entrudo começou a ganhar um toque brasileiro, se afastando de sua origem européia. As pessoas passaram a usar água perfumada, vinho e vinagre para jogar uma nas outras. Além disso, em 1855, surgiram os primeiros grandes clubes carnavalescos, as Grandes Sociedades. Elas comemoravam o carnaval usando carros alegóricos, sendo as precursoras do carnaval organizado dos dias atuais.
Para comemorar o carnaval, o povo passou a disciplinar as brincadeiras de rua, passando a utilizar a organização das procissões religiosas. A partir daí surgiram os blocos e cordões, grupos de pessoas de origem humilde que animavam as ruas ao som dos instrumentos de percussão. Tais grupos dariam origem mais tarde às escolas de samba. Eles misturavam rituais festivos e religiosos africanos com tradições européias, que são as características básicas do carnaval carioca. Um dos grandes exemplos é o samba.
Foi em 1920 que surgiram as escolas de samba, que realizavam seus desfiles pelas ruas do Rio de Janeiro. Em 1983 foi criado o Sambódromo carioca, um local construído propriamente para a realização dos desfiles das escolas de samba. Apesar de tornar-se um local mais atraente para os turistas, o carnaval carioca começou a perder seu caráter popular, pois foi a partir do início dos desfiles em um lugar fechado que a apreciação dos mesmos passou a ser cobrada, restringindo à população mais pobre de participar.

1 Comment

Hide
Please to leave a comment.
😄 😞 😳 😁 😒 😎 😠 😆 😅 😜 😉 😭 😇 😴 😮 😈 ❤️️ 👍

PortuguesePod101.comVerified
Wednesday at 6:30 pm
Your comment is awaiting moderation.

O carnaval carioca


Quando o precursor do carnaval, o entrudo, chegou ao Brasil, a cidade do Rio de Janeiro era a capital da antiga República brasileira. E foi nessa cidade que as comemorações tiveram mais força e foi uma influência sobre as outras regiões do país.
O entrudo português possuía um caráter violento. Nas ruas, as pessoas mais pobres molhavam-se uns aos outros, usando ovos, farinha de trigo, laranja podre e restos de comida.
Nas casas, as famílias se divertiam derramando baldes de água suja em quem passasse distraído pela rua. Por ser agressivo, o entrudo não era muito bem aceito pela sociedade brasileira.
Foi então que o entrudo começou a ganhar um toque brasileiro, se afastando de sua origem européia. As pessoas passaram a usar água perfumada, vinho e vinagre para jogar uma nas outras. Além disso, em 1855, surgiram os primeiros grandes clubes carnavalescos, as Grandes Sociedades. Elas comemoravam o carnaval usando carros alegóricos, sendo as precursoras do carnaval organizado dos dias atuais.
Para comemorar o carnaval, o povo passou a disciplinar as brincadeiras de rua, passando a utilizar a organização das procissões religiosas. A partir daí surgiram os blocos e cordões, grupos de pessoas de origem humilde que animavam as ruas ao som dos instrumentos de percussão. Tais grupos dariam origem mais tarde às escolas de samba. Eles misturavam rituais festivos e religiosos africanos com tradições européias, que são as características
básicas do carnaval carioca. Um dos grandes exemplos é o samba.
Foi em 1920 que surgiram as escolas de samba, que realizavam seus desfiles pelas ruas do Rio de Janeiro. Em 1983 foi criado o Sambódromo carioca, um local construído propriamente para a realização dos desfiles das escolas de samba. Apesar de tornar-se um local mais atraente para os turistas, o carnaval carioca começou a perder seu caráter popular, pois foi a partir do início dos desfiles em um lugar fechado que a apreciação dos mesmos passou a ser cobrada, restringindo à população mais pobre de participar.