Dialogue

Vocabulary

Learn New Words FAST with this Lesson’s Vocab Review List

Get this lesson’s key vocab, their translations and pronunciations. Sign up for your Free Lifetime Account Now and get 7 Days of Premium Access including this feature.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Notes

Unlock In-Depth Explanations & Exclusive Takeaways with Printable Lesson Notes

Unlock Lesson Notes and Transcripts for every single lesson. Sign Up for a Free Lifetime Account and Get 7 Days of Premium Access.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Transcript

A jóia turística da Cidade Maravilhosa
De frente para a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, está o monte Pão de Açúcar, que desde o século XIX atrai pessoas que se aventuram para ver uma das mais belas paisagens do mundo.
Para facilitar o acesso até o alto do monte, em 1908 o engenheiro brasileiro Augusto Ferreira Ramos idealiza a construção de um teleférico. A ideia era construir três linhas, uma ligando a Praia Vermelha ao alto do Morro da Urca, o monte mais baixo ao lado do Pão de Açúcar; outra linha entre os cumes do morro da Urca e o Pão de Açúcar; e também uma linha ligando o alto do morro da Urca ao alto do morro da Babilônia, mas essa última linha não foi construída. O teleférico foi inaugurado em 27 de outubro de 1912, e foi apelidado de "bondinho do Pão de Açúcar". Ele foi o primeiro teleférico no Brasil e o terceiro no mundo. A construção do bondinho mostrou o desenvolvimento da cidade durante essa época, quando o Rio de Janeiro era a capital do país.
O bondinho do Pão de Açúcar é considerado um dos teleféricos mais seguros do mundo segundo entidades internacionais de teleféricos de passageiros, e durante seus mais de 90 anos de funcionamento nunca ocorreu nenhum acidente com vítimas.
Para quem prefere um pouco mais de adrenalina, existe a possibilidade de uma caminhada por uma trilha, ou ainda mais radical, fazendo montanhismo. Há 60 vias possíveis para realizar escaladas.
O monte Pão de Açúcar é uma jóia do Rio de Janeiro, sua vegetação é ainda conservada, uma vegetação de clima tropical com resquícios de Mata Atlântica. No Pão de Açúcar existem espécies nativas que já estão extintas em todo o Brasil, além de espécies como a orquídea "Laelia lobata", uma planta rara que só floresce em dois locais do mundo - no morro do Pão de Açúcar e na Pedra da Gávea, também no Rio de Janeiro. E ao redor de tanta riqueza natural é possível ver do alto do monte um lindo panorâmico da cidade do Rio, com o o esplendor do litoral de um lado, e da Serra do Mar do outro.

1 Comment

Hide
Please to leave a comment.
😄 😞 😳 😁 😒 😎 😠 😆 😅 😜 😉 😭 😇 😴 😮 😈 ❤️️ 👍

PortuguesePod101.com Verified
Wednesday at 06:30 PM
Pinned Comment
Your comment is awaiting moderation.

A jóia turística da Cidade Maravilhosa

De frente para a Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, está o monte Pão de Açúcar, que desde o século XIX atrai pessoas que se aventuram para ver uma das mais belas paisagens do mundo.

Para facilitar o acesso até o alto do monte, em 1908 o engenheiro brasileiro Augusto Ferreira Ramos idealiza a construção de um teleférico. A ideia era construir três linhas, uma ligando a Praia Vermelha ao alto do Morro da Urca, o monte mais baixo ao lado do Pão de Açúcar; outra linha entre os cumes do morro da Urca e o Pão de Açúcar; e também uma linha ligando o alto do morro da Urca ao alto do morro da Babilônia, mas essa última linha não foi construída. O teleférico foi inaugurado em 27 de outubro de 1912, e foi apelidado de "bondinho do Pão de Açúcar". Ele foi o primeiro teleférico no Brasil e o terceiro no mundo. A construção do bondinho mostrou o desenvolvimento da cidade durante essa época, quando o Rio de Janeiro era a capital do país.

O bondinho do Pão de Açúcar é considerado um dos teleféricos mais seguros do mundo segundo entidades internacionais de teleféricos de passageiros, e durante seus mais de 90 anos de funcionamento nunca ocorreu nenhum acidente com vítimas.

Para quem prefere um pouco mais de adrenalina, existe a possibilidade de uma caminhada por uma trilha, ou ainda mais radical, fazendo montanhismo. Há 60 vias possíveis para realizar escaladas.

O monte Pão de Açúcar é uma jóia do Rio de Janeiro, sua vegetação é ainda conservada, uma vegetação de clima tropical com resquícios de Mata Atlântica. No Pão de Açúcar existem espécies nativas que já estão extintas em todo o Brasil, além de espécies como a orquídea "Laelia lobata", uma planta rara que só floresce em dois locais do mundo - no morro do Pão de Açúcar e na Pedra da Gávea, também no Rio de Janeiro. E ao redor de tanta riqueza natural é possível ver do alto do monte um lindo panorâmico da cidade do Rio, com o o esplendor do litoral de um lado, e da Serra do Mar do outro.