Dialogue

Vocabulary

Learn New Words FAST with this Lesson’s Vocab Review List

Get this lesson’s key vocab, their translations and pronunciations. Sign up for your Free Lifetime Account Now and get 7 Days of Premium Access including this feature.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Notes

Unlock In-Depth Explanations & Exclusive Takeaways with Printable Lesson Notes

Unlock Lesson Notes and Transcripts for every single lesson. Sign Up for a Free Lifetime Account and Get 7 Days of Premium Access.

Or sign up using Facebook
Already a Member?

Lesson Transcript

Zumbi dos Palmares
Durante tempos coloniais, escravidão era parte da estrutura social do Brasil. Escravos eram trazidos à força da África para trabalhar em plantações. Eventualmente, escravos fugitivos começaram a formar aldeias chamadas quilombos. Essas comunidades eram auto-sustentáveis e seguiam um modelo de república, em contraste com a monarquia portuguesa da época.
Quilombo dos Palmares, a mais famosa dessas repúblicas, era localizado onde hoje se encontra o estado de Alagoas. Palmares era tão grande porque se encontrava bem no caminho entre o oceano e Guiné, uma importante rota de tráfico de escravos.
Zumbi nasceu como um homem livre em Palmares em 1655, mas foi capturado e entregue a um missionário português aos 6 anos de idade. Ele aprendeu português e latim, e ajudava diariamente com a missa. Porém, apesar das tentativas de aculturá-lo, ele escapou de volta ao seu local de origem aos 15 anos, onde ele ficou famoso por suas estratégias militares.
Em 1678, o governador da capitania mais próxima ofereceu a Ganga Zumba, então líder de Palmares, um tratado de paz. Todos os escravos teriam sua liberdade se o quilombo se submetesse à autoridade portuguesa. Zumba ia aceitar o tratado, mas Zumbi não achou que seria certo que escravos de Palmares fossem libertos enquanto outros africanos ainda estavam escravizados. Graças à esta posição, Zumbi tornou-se o novo líder de Palmares.
Quinze anos após tornar-se líder, o quilombo foi invadido por militares portugueses e ele foi ferido. Dois anos depois, ele foi assassinado junto a 20 guerreiros. Sua cabeça foi salgada e exposta em público para desmentir a crença de que ele seria imortal.

1 Comment

Hide
Please to leave a comment.
😄 😞 😳 😁 😒 😎 😠 😆 😅 😜 😉 😭 😇 😴 😮 😈 ❤️️ 👍

PortuguesePod101.com Verified
Wednesday at 06:30 PM
Pinned Comment
Your comment is awaiting moderation.

Zumbi dos Palmares

Durante tempos coloniais, escravidão era parte da estrutura social do Brasil. Escravos eram trazidos à força da África para trabalhar em plantações. Eventualmente, escravos fugitivos começaram a formar aldeias chamadas quilombos. Essas comunidades eram auto-sustentáveis e seguiam um modelo de república, em contraste com a monarquia portuguesa da época.

Quilombo dos Palmares, a mais famosa dessas repúblicas, era localizado onde hoje se encontra o estado de Alagoas. Palmares era tão grande porque se encontrava bem no caminho entre o oceano e Guiné, uma importante rota de tráfico de escravos.

Zumbi nasceu como um homem livre em Palmares em 1655, mas foi capturado e entregue a um missionário português aos 6 anos de idade. Ele aprendeu português e latim, e ajudava diariamente com a missa. Porém, apesar das tentativas de aculturá-lo, ele escapou de volta ao seu local de origem aos 15 anos, onde ele ficou famoso por suas estratégias militares.

Em 1678, o governador da capitania mais próxima ofereceu a Ganga Zumba, então líder de Palmares, um tratado de paz. Todos os escravos teriam sua liberdade se o quilombo se submetesse à autoridade portuguesa. Zumba ia aceitar o tratado, mas Zumbi não achou que seria certo que escravos de Palmares fossem libertos enquanto outros africanos ainda estavam escravizados. Graças à esta posição, Zumbi tornou-se o novo líder de Palmares.

Quinze anos após tornar-se líder, o quilombo foi invadido por militares portugueses e ele foi ferido. Dois anos depois, ele foi assassinado junto a 20 guerreiros. Sua cabeça foi salgada e exposta em público para desmentir a crença de que ele seria imortal.